Diálogo Inter-Religioso – ACM Fora de Portas

Nos dias 23 e 24 de maio, na Alameda Dom Afonso Henriques, em Lisboa, terá lugar o evento ACM Fora de Portas, dedicado ao Diálogo Inter-religioso.

O evento contará com momentos musicais, tertúlias, workshops, espaço de oração, bem como inúmeras atividades dinamizadas pelas várias comunidades religiosas – anglicanos, bahá’i, budistas, católicos, evangélicos, hindus, islâmicos e sikh.

A Buddha’s Light International Association irá participar com várias iniciativas. Convidamos todos a participar e conhecer melhor o budismo humanista.

Este evento é promovido pelo Alto Comissariado para as Migrações, IP em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa e conta com o apoio da Junta de Freguesia de Arroios e da Junta de Freguesia do Areeiro.

O evento decorre nos dois dias entre as 15:00h e as 21:00h.

Novos órgãos sociais da sub-delegação portuguesa

Órgãos sociais sub-delegação portuguesa BLIA

De acordo com a Assembleia Geral, realizada a 15 de Maio de 2015, elegeram-se os seguintes associados como membros dos órgãos sociais da sub-delegação portuguesa (grupo 2) da Buddha’s Light International Association.
Supervisão – Elisa Chuang – ibps.pt@gmail.com
Presidente – João Magalhães – joaocsmagalhaes@gmail.com
Vice-Presidente – Tânia Nunes
Secretário – Ruben Frazão
Tesoureiro – Elsa Fernandes
Vogal – Manuel Lavadinho
Vogal – Júlio Costa
Vogal – José Oliveira
Em 2015, pretendemos desenvolver mais a participação portuguesa no Templo e nas actividades da BLIA, promovendo o Budismo humanista e os valores de apoio social aos que mais precisam.
IMG_3262
Novos membros dos órgãos sociais: da esquerda para a direita – José Oliveira, Manuel Lavadinho, Júlio Costa, Tânia Nunes, João Magalhães, Guo Hua Wu (presidente da Blia), Elisa Chuang (Supervisora), Elsa Fernandes, Ruben Frazão

Assembleia Geral da sub delegação portuguesa dia 15 de Maio 19h

Vimos por este meio convocar todos os membros e amigos de Buddha´s Light para participarem na Assembleia Geral da 2ª Sub-Delegação da Associação Internacional Buddha´s Light, em Lisboa. Será no dia 15 deste mês às 19 horas no Templo Fo Guan Shan em Portugal, sito na Rua da Centieira nº 35, metro de Cabo Ruivo.

Vamos falar sobre as atividades a decorrer recentemente, o que podemos fazer para povo português conhecer o budismo, como podemos desenvolver para subir para o patamar seguinte, votação de novos órgãos sociais para 2ª sub-delegação e outros assuntos.

Gostaria que confirmassem da vossa presença através deste email até dia 14 – ibps.pt@gmail.com

Todos os dia são bons dias, todos os momentos são bons momentos.

Elisa Chuang

O nobre caminho óctuplo

O Nobre Caminho Óctuplo consiste em:

1. Compreensão Correta

Conhecer as Quatro Nobres Verdades de maneira a entender as coisas como elas realmente são.

2. Pensamento Correto

Desenvolver as nobres qualidades da bondade amorosa e da aversão a prejudicar os outros.

3. Palavra Correta

Abster-se de mentir, falar em vão, usar palavras ásperas ou caluniosas.

4. Ação correta

Abster-se de matar, roubar e ter conduta sexual indevida.

5. Meio de Vida Correto

Evitar qualquer ocupação que prejudique os demais, tais como tráfico de drogas ou matança de animais.

6. Esforço Correto

Praticar autodisciplina para obter o controlo da mente, de maneira a evitar estados de mente maléficos e desenvolver estados de mente sãos.

7. Plena Atenção Correta

Desenvolver completa consciência de todas as ações do corpo, fala e mente para evitar atos insanos.

8. Concentração Correta

Obter serenidade mental e sabedoria para compreender o significado integral das Quatro Nobres Verdades.

Aqueles que aceitam este Nobre Caminho como um estilo de vida viverão em perfeita paz, livres de desejos egoístas, rancor e crueldade. Estarão plenos do espírito de abnegação e bondade amorosa.

A cobiça é a causa do sofrimento – estudos de budismo 7 de Maio

Dia 7 de Maio, às 19h teremos um estudo sobre Budismo Puro e Simples, com o tema da segunda perceção: «A cobiça é a causa do sofrimento». A entrada é livre e aberta a todas as pessoas interessadas, budistas ou não. Após o estudo, teremos 30 minutos de meditação Ch’an.

A COBIÇA É A CAUSA DO SOFRIMENTO

Percebam que o desejo excessivo causa sofrimento. A fadiga e os problemas do ciclo de nascimento e morte são gerados pela cobiça e pelo desejo. Nutram poucos desejos, sejam recetivos e serão contentes em corpo e mente.

A primeira perceção do sutra aborda os ensinamentos do Buda sobre a natureza deste mundo. As sete perceções seguintes são relativas aos ensinamentos sobre a natureza da mente humana e sobre como viver neste mundo. A compreensão dos princípios discutidos na primeira perceção constitui uma boa base para aprendermos a aplicar à vida os ensinamentos das sete perceções seguintes.

Apesar de os mundos que vemos serem fundamentalmente produto da nossa própria mente, não temos a impressão de que sejam assim. A exemplo das imagens de um sonho intenso, as nossas impressões parecem-nos reais, como se não houvessem sido geradas pela nossa atividade mental. Daí a razão de o Buda nos ter ensinado várias maneiras de entender a verdadeira natureza da vida. Não é por acaso ou pela vontade de uma inteligência suprema que estamos onde estamos, disse ele, mas como resultado das nossas ações passadas.

O Budismo pode parecer difícil, porque enfatiza a responsabilidade pessoal do praticante. Entretanto, perguntemo-nos: poderia outra pessoa compreender algo por mim? Poderia outra pessoa agir em meu lugar? Por que não deveria eu ser responsável pelas minhas ações? Nesta segunda perceção, o Buda destaca o desejo excessivo, a cobiça, dizendo:

Percebam que o desejo excessivo causa sofrimento.

Encontro 30 de Abril da Buddha’s Light International Association

Dia 30 de Abril teremos um encontro de associados, também aberto a todos, na sede da BLIA em Lisboa, na Rua Centieira, nº 35 1800-056 Lisboa Portugal, pelas 20h00. O encontro será orientado pela Mestre Chueh Yun.

Pedimos a todos os portugueses que queiram participar que façam um envio de email, antecipadamente, para termos tradução simultânea.

O Sutra da Proteção Suprema – Maha-Mangala Sutta

O Sutra da Proteção Suprema ou Maha-Mangala Sutta é um discurso, ensinamento de Buda sobre como agirmos, mudando o nosso comportamento, para que possamos alcançar a felicidade, a proteçao suprema.

Podes ler aqui o PDF: Sutra da proteção suprema – PT

Sutra da Proteção Suprema

Maha-Mangala Sutta

Assim ouvi. Em certa ocasião o Abençoado estava em Savatthi no Bosque de Jeta, no mosteiro de Anathapindika. Então, quando a noite estava bem avançada, uma certa deva com belíssima aparência, iluminou todo o Bosque de Jeta, aproximou-se do Abençoado. Ao aproximar-se homenageou o Abençoado e ficando em pé a um lado a deva disse:
Muitos devas e seres humanos
Pensam na proteção,
Desejam a felicidade,
Diga então, qual é a proteção suprema.

O Buda:
Não se associar com os tolos,
Associar-se com os sábios,
Demonstrar respeito àqueles dignos de respeito:
Essa é a proteção suprema.

Viver num local civilizado,
Ter realizado méritos no passado,
Portar-se de maneira correta:

Conhecimento amplo e habilidade,
Bem treinado na disciplina,
Boas palavras:
Essa é a proteção suprema.

Sustentar o pai e a mãe,
Zelar pela esposa e filhos,
Consistência no trabalho:
Essa é a proteção suprema.

Generosidade, viver em retidão,
Auxiliar a família,
Praticar ações que sejam irrepreensíveis:
Essa é a proteção suprema.

Evitar e abster-se daquilo que é mau;
Abster-se do que seja intoxicante,
Estar atento às qualidades da mente:
Essa é a proteção suprema.

Respeito e humildade,
Satisfação e gratidão,
Ouvir o Dhamma em ocasiões oportunas:
Essa é a proteção suprema.

Paciência e observância,
Visitar os contemplativos,
Discutir o Dhamma em ocasiões oportunas:
Essa é a proteção suprema.

Autocontrole, celibato,
Compreender as Nobres Verdades,
Realizar o desapego:
Essa é a proteção suprema.

Uma mente quando tocada
Pelas vicissitudes do mundo,
É inamovível, livre da tristeza, sem pó, em descanso:
Essa é a proteção suprema.

Sempre invencíveis,
Quando agem desta forma,
As pessoas vão a todo o lado bem,
Essa é a proteção suprema.

Podes ler aqui: Sutra da proteção suprema – PT

Sutra da Proteção Suprema, explicação pela Mestra Chueh Yun

Segunda-feira, 6 de Abril, a Mestra Chueh Yun estará no Templo de Lisboa da BLIA para comentar e explicar o Sutra da Proteção Suprema. Das 20h30 às 22h
mestra
ENTRADA LIVRE e aberta a todos.
Confirmações para o email joaocsmagalhaes@gmail.com ou pelo evento no Facebook.
BLIA – Associação Internacional Buddha´s Light de Lisboa
Rua Centieira, nº 35
1800-056 Lisboa Portugal

A vacuidade – próximo tema do grupo de estudos budista

“Vacuidade” é um termo muito especial no budismo. Significa “destituído de aspeto permanente, definitivo ou absoluto”. O Buda ensinou que tudo o que existe no universo dos fenómenos é vazio. Não há nada permanente, definitivo ou absoluto. Nada é essencialmente estável. É importante captar a ideia de vacuidade, assim como a de impermanência, para entender os ensinamentos do Buda.

No dia 12 de Março, pelas 19h teremos mais uma sessão do estudo de Budismo Puro e Simples. Desta vez, vamos abordar a Vacuidade.
O nosso programa será das 19h às 19h30 reflexão sobre a vacuidade, das 19h30 às 20h00 meditação Chan.

As inscrições são para o email: geralg2@ibps.pt

Atividades e cerimónias budistas em Março

Dia 5 de Março vamos iniciar o estudo do livro do Grande Mestre Hsing Yun –  Budismo Puro e Simples – Sutra das Oito Percepções dos Grandes Seres. Ver mais aqui…
Rua da Centieira 35, metro: Cabo ruivo

Cerimónias budistas no templo

01.03  Domingo  16:30 a 18:00  Sutra de Buda de Medicina e ensinamento da Mestra (17:30 a 18:00)
05.03 Quinta Feira  7;30 a 8;30  oferenda lamparina á Buda
08.03  domingo 16:30 a 18:00 recitação de Sutra de Diamante e ensinamento da Mestra (17:30 a 18:00)
20.03 Sexta feira 7;30 a 8;30  oferenda lamparina á Buda
28 e 29 de Março Sábado e Domingo  horário a comunicar, todo o dia, cerimónia salvação de antepassados e todos os seres