Conselhos do Ven. Mestre Hsing Yun para uma prática diária

Enquanto vivemos, devemos lutar por uma vida de valor. O budismo é diferente da filosofia, pois não trata apenas de conhecimento e teoria. Em vez disso, o budismo exige fé devota, moralidade desenvolvida e, o mais importante, prática espiritual.

Continuar a ler “Conselhos do Ven. Mestre Hsing Yun para uma prática diária”

A perspetiva budista dos direitos das mulheres – um ebook

Neste mundo, tudo se expressa pelos seus próprios termos e à sua maneira. Por exemplo, a água é suave e, no entanto, também pode ser extremamente poderosa. As flores são delicadas e bonitas, mas é exatamente por isso que elas são atraentes. Quando as crianças não conseguem o que querem, costumam chorar para convencer os pais. Chorar é o modo como as crianças expressam o seu ponto de vista. Os homens usam fatos de negócios, sapatos finos de couro e caminham carismáticos. As mulheres também querem expressar o seu apelo inato, a beleza.

A beleza não é apenas uma visão superficial do físico. Uma mulher pode expressar a sua beleza através da generosidade, meticulosidade e diligência. Cada uma dessas características pode ser uma expressão da singularidade e da substância interior de uma mulher. O importante é saber como expressar essas características. A situação é semelhante a alguém que cultiva a prática budista – essa pessoa também deve aprender a expressar a sua compaixão e paciência, porque compaixão e paciência são os seus pontos fortes.

A perspetiva budista dos direitos das mulheres – Ven. Mestre Hsing Yun

Podes baixar o PDF deste ebook aqui…

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to dFlip 3D Flipbook Wordpress Help documentation.


Prece ao Bodhisattva Avalokiteshvara devido ao Surto do novo Coronavirus (covid-19)

Prece ao Bodhisattva Avalokiteshvara devido ao Surto do novo Coronavirus (covid-19), pelo Venerável Mestre Hsing Yun

Ó grande e compassivo Bodhisattva Avalokiteshvara!
A epidemia do novo coronavrus, a COVID -19, que atingiu o globo
Deixou muitos com medo e aterrorizados pelo sofrimento.
Oramos pela tua compassiva atenção!
Oferece-nos coragem e sabedoria
Para enfrentarmos a epidemia sem medo,
Para enfrentarmos a calamidade com tranquilidade.
Ó grande e compassivo Bodhisatva Avalokiteshvara!
Algumas cidades estão fechadas,
alguns eventos foram cancelados,
Agora, precisamos inspirar-nos ainda mais no teu espírito de salvação
para cuidarmos uns dos outros e evitar o pânico,
para desejar o melhor uns pelos outros, ter confiança e destemor.
Neste isolamento temporário, aproveitemos para autorreflexão.
Durante esta temporária inconveniência,
podemos recitar o nome do Buda e aperfeiçoar a nossa prática.
Ó grande e compassivo Bodhisattva Avalokiteshvara!
Neste momento, precisamos estar mais unidos,
Acreditando que o governo vai resolver a crise o mais rápido possível,
Agradecendo à equipas médicas que tratam os enfermos com toda a sua disposição
E, não importa o quão difícil o mundo esteja,
Encarar tudo com compaixão e sabedoria.
Exercer as Três Boas Atitudes – fazer boas ações, dizer boas palavras e ter boas intenções – e cuidar do meio ambiente e dos animais,
Transformaremos a crise em paz.
Ó grande e compassivo Bodhisattva Avalokiteshvara!
Neste momento, honramos o seu nome,
“Namo Bodhisattva Avalokiteshvara!”
Que, aprendendo com a tua compaixão e sabedoria,
Transformemos os fenómenos preocupantes do mundo exterior.
Vamos afastar-nos de raciocínios discursivos e ilusórios
Contemplando com imparcialidade a essência dos seres humanos.
Vamos afastar-nos das discriminações e especulações
Contemplando com imparcialidade a essência dos fenómenos.
Vamos afastar-nos dos apegos e das complicações
Contemplando com imparcialidade a essência dos acontecimentos.
Ó grande e compassivo Bodhisattva Avalokiteshvara!  
Oramos para Ti
Pela rápida recuperação dos enfermos,
Que os desafortunados que se foram sejam recebidos pelo Buda e tenham partido em paz;
Que purifique a sociedade e nos mantenha distantes do surto;
Que todos estejam auspiciosos e em paz.
Ó grande e compassivo Bodhisattva Avalokiteshvara!
Por favor, aceita a minha mais sincera prece!
Ó grande e compassivo Bodhisattva Avalokiteshvara!
Por favor, aceita minha mais sincera prece!

Ven. Mestre Hsing Yun

Fonte: Templo Zu Lai

A Essência do Chan, um ebook

Entre os oitenta e quatro mil ensinamentos do Budismo, o Chan é o que nos traz mais entusiasmo por estudar e debater, nos nossos dias. Apesar de confinado ao Leste, local da sua origem, o estudo da meditação Chan capturou a atenção e o interesse do Oeste. Por exemplo, muitas universidades nos Estados Unidos criaram grupos de meditação. É encorajador observar a meditação a espalhar-se dos mosteiros para o mundo moderno, onde está a desempenhar um papel muito importante.

Descrever o Chan não é uma tarefa fácil pois o Chan é algo que não pode ser falado ou totalmente expresso por palavras. No momento em que a linguagem é usada para explicar o Chan, já não estamos a lidar com o seu verdadeiro espírito. O Chan está além das palavras, no entanto, não pode ser deixado sem expressão.

Podes ler o ebook “A Essência do Chan” aqui…

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to dFlip 3D Flipbook Wordpress Help documentation.

Oração para a segurança de todos contra o surto de coronavírus de Wuhan, pelo Ven. Mestre Hsing Yun

Estas são as indicações do Ven. Mestre para a segurança de todos contra o surto de coronavírus de Wuhan.

  1. Juntar as palmas das mãos
    Abster de matar e praticar o vegetarianismo para cessar a epidemia.
  2. Praticar os Três Atos de Bondade
    Transferir os méritos da recitação do sutra para acalentar a vida.
    Recitação mundial do Sutra do Coração, 10 milhões de vezes, assim como a “Prece ao Bodhisattva Avalokitesvara para a Segurança contra o surto de coronavírus de Wuhan”, do Ven. Mestre Hsing Yun, para terminar a epidemia.

Juntar as palmas das mãos ao invés de apertar as mãos num cumprimento.
Fo Guang Shan e a BLIA preocupam-se contigo.

Sutra do Coração do Prajña Paramita

O Bodhisattva Avalokiteshvara ao realizar profundamente o Prajña Paramita,
Contemplou o vazio dos cinco agregados e transcendeu todos os sofrimentos.
— “Ó Shariputra, forma não difere de vacuidade; vacuidade não difere de forma. Forma é, na verdade, vacuidade. Vacuidade é, na verdade, forma.
O mesmo acontece com sensação, percepção, ação e consciência.”
— “Shariputra, a vacuidade é a natureza de todos os dharmas: não podem ser criados nem destruídos, puros ou impuros, aumentar ou diminuir.
Assim, na vacuidade não existe forma, sensação, percepção, ação ou consciência; nem olhos, ouvidos, nariz, língua, corpo e mente;
Nem forma, som, odor, paladar, tato ou fenómenos; nem campo da visão ou mesmo campo da consciência.
Não existe ignorância, nem o fim da ignorância. Não existe velhice e morte, nem o fim da velhice e da morte.
Não existe sofrimento, causa, cessação, nem caminho; nem sabedoria, nem nada para alcançar. Não havendo nada para alcançar,
o Bodhisattva que vive o Prajña Paramita não tem preocupações, nem obstáculos. Sem preocupações nem obstáculos, não há medo.
Muito para além das ilusões, assim alcança o nirvana. Budas do passado, do presente e do futuro,
Vivem o Prajña Paramita, e alcançam o anuttasamyak-sambodhi.
Assim, deve-se saber que o Prajña Paramita é o grande mantra sagrado, o grande mantra da iluminação, o mantra supremo,
o mantra incomparável, capaz de libertar de todos os sofrimentos; isto é verdade, e não é falso.
Por isso recita-se o mantra do Prajña Paramita, dizendo: “Gate, gate, paragate, parasamgate, bodhi svaha”.

Oração ao Bodhisattva Bodhisattva Avalokitesvara para a Segurança contra o surto de coronavírus de Wuhan

Pelo Ven. Master Hsing Yun, Fundador de Fo Guang Shan
Oh, grande e compassivo Bodhisattva Avalokitesvara!
Como somos confrontados surto do coronavírus de Wuhan,
Muitos sofrem de maus tratos, adversidades e medo.
Oramos pela tua compaixão e bênçãos
Para que possamos ter coragem e sabedoria
Para enfrentar o surto com calma e firmeza,
Enfrentar a doença com confiança e aceitação.
Ó grande e compassivo Bodhisattva Avalokitesvara!
À medida que as cidades são fechadas e os eventos são suspensos,
Precisamos muito do teu espírito de aliviar o sofrimento,
Vamos cuidar e ajudar uns aos outros e não sermos afligidos por pânico,
Vamos apoiar e encorajar-nos uns aos outros a fortalecer a nossa fé.
Que os isolamentos momentâneos se tornem retiros para autointrospecção,
Que a inconveniência momentânea se torne em práticas conscientes de autoaperfeiçoamento.
Ó grande e compassivo Bodhisattva Avalokitesvara!
Este é o momento em que a unidade é mais crucial,
Vamos confiar no governo para resolver a crise,
Agradecemos aos profissionais médicos pelo tratamento da doença.
Não importa quão difícil a situação,
Enquanto houver compaixão e sabedoria,
Quando todos praticamos os Três Atos de Bondade:
Fazer boas ações, falar boas palavras e ter bons pensamentos,
Se todos protegermos o meio ambiente e respeitarmos todas as vidas,
Poderemos transformar riscos em segurança.
Ó grande e compassivo Bodhisattva Avalokitesvara!
Neste momento, recitamos sinceramente o teu nome,
“Bendito seja o Bodhisattva Avalokitesvara.”
Gostaríamos de tomar a tua libertação e tranquilidade como modelo.
De agora em diante:
Vamos distanciar-nos de ideias contrárias e ilusórias
Para contemplar a tranquilidade do indivíduo;
Vamos distanciar-nos da discriminação e conjeturas pessoais
Para contemplar a tranquilidade das circunstâncias;
Vamos distanciar-nos do apego e da confusão
Para contemplar a tranquilidade dos negócios;
Vamos distanciar-nos dos cinco desejos e dos problemas do mundo
Para contemplar a tranquilidade da mente.
Grande e compassivo Buda!
Oramos pelas tuas bênçãos.
Por favor, ajuda os sobreviventes a serem libertados do sofrimento e a recuperar a sua boa saúde;
Por favor, ajuda o que faleceu a renascer na terra de Buda e a descansar bem em paz.
Que este mundo esteja livre da turbulência do surto,
Que cada um de nós esteja seguro e bem.
Ó grande compassivo Bodhisattva Avalokitesvara,
Por favor, aceita a minha oração mais sincera!
Ó grande compassivo Bodhisattva Avalokitesvara,
Por favor, aceita a minha oração mais sincera!

O Grande Buda – um ebook

Assim como as crianças devem conhecer os seus pais, os estudantes de Buda devem conhecer o Buda. Alguns podem dizer: “Ah, sim, eu conheço o Buda. Eu já vi as estátuas dele por todo o lado.” Mas conhecemos o Buda apenas porque vemos estátuas? Não, certamente que não. É comum que os budistas sintam, lamentavelmente, ter nascido tanto tempo após o nirvana final do Buda e não terem tido a oportunidade de conhecer Buda. É muito lamentável que os estudantes de Buda não saibam como era realmente o Buda.

Alguns podem pensar que Buda é um imortal todo-poderoso com poderes sobrenaturais que pode aparecer e desaparecer sem deixar vestígios. Se achas que este é o Buda que vou partilhar contigo, ficarás desapontado. Podes pensar que Buda é um ser cheio de bondade amorosa que concederá o que pedires nas orações. Este também não é o caso. Acredito que a maioria das pessoas prefere o Buda sentado no altar de pernas cruzadas – sereno, pacífico, quieto e parado.

Se Buda falou e instruiu-nos dizendo “Não faças isso” ou “Não é assim”, talvez não gostemos tanto dele. Talvez porque como Buda não nos critica e não nos censura ou discute conosco, é que nos sentimos atraídos por ele. Nós respeitamos e inclinamo-nos para ele.

Felizmente, podemos aprender mais sobre o Buda, sobre as nossas vidas, ao observar as formas pelas quais ele lidou com experiências e situações durante a sua própria vida. Portanto, primeiro irei apresentar brevemente a história da vida de Buda, antes de examinar como ele lidou com os problemas e experiências comuns do dia a dia.

Ven. Mestre Hsing Yun.

Podes fazer o download do PDF do livro O Grande Buda, aqui…

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to dFlip 3D Flipbook Wordpress Help documentation.

Projeções positivas para a vida – um ebook

Quando nos sentimos perdidos na vida e não temos certeza do que fazer, muitas vezes tentamos procurar uma resposta ou um conselho. 

O Venerável Mestre Hsing Yun é frequentemente convidado a dar um conselho ou a dizer algumas palavras de encorajamento.

Por esse motivo, ele narrou 108 frases de sabedoria com base nas suas experiências pessoais de vida. Ele deseja que tais frases inspirem a atenção correta e ajudem os leitores a perceberem que são o seu próprio mestre, que devem suportar as consequências dos seus próprios atos e que o futuro está nas suas próprias mãos.

Vale a pena ler e guardar estas palavras de sabedoria e compaixão, para a purificação da nossa mente e para uma vida mais positiva e feliz.

Projeções Positivas para a Vida

Podes fazer o download do PDF de Projeções Positivas para a Vida” aqui…

De forma a ser bem-sucedido, o caminho deve ser claro, os assuntos devem ser claros, a razão deve ser clara e a comunicação entre as pessoas deve ser clara.

Ven. Mestre Hsing Yun

Mereces ser feliz, porque és o teu próprio mestre.

Ven. Mestre Hsing Yun

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to dFlip 3D Flipbook Wordpress Help documentation.

Quanto maior o teu coração, maiores as tuas conquistas.

Ven. Mestre Hsing Yun

Lançamento do livro O Caminho para a Iluminação

No dia 21 de Setembro, pelas 21h30, realizou-se a apresentação ao público do livro “O Caminho para a Iluminação”, da Editora Nascente, escrito pelo Venerável Mestre Hsing Yun. Estiveram presentes a Ven. Mestre Chueh Yann, Elisa Chuang e João Magalhães. Contamos ainda com a presença da Presidente da BLIA, a srª Fu e os presidentes dos vários grupos.

Três apresentadores, um livro, uma mente de Buda – O Caminho da Iluminação

A Ven. Mestre Chueh Yann fez uma apresentação sobre o Templo Fo Guang Shan e o Ven. Mestre Hsing Yun, o autor deste livro, Elisa Chuang sobre a BLIA e as actividades de meditação que realizam e João Magalhães a apresentação sobre o livro. Este é um excelente livro para todos os que queiram conhecer o caminho do Budismo e encontra-se dividido em quatro partes – O Despertar, O Viver no Mundo, Perseverar no Caminho e ainda Progredir no Caminho. É um excelente livro, companheiro de “Ser Bom – guia da ética budista para o dia a dia“. O nosso grande obrigado ao Jorge Costa pela tradução, à Sandra pelas fotos, a todos os participantes, à presença e sempre apoio da Editora Nascente e ao despertar que cada um dos leitores está a realizar. Podem ver no Facebook as fotografias deste evento…
https://issuu.com/joaomagalhaes3/docs/o_caminho_para_a_iluminac_a_o

Carta aos protetores e amigos do Dharma em 2018

Caros protetores e amigos do Dharma,
Saudações Auspiciosas!
Flores de primavera, lua de outono, o inverno parte e a primavera que chega mais uma vez. À medida que as estações seguem a sua ordem no tempo, recebemos 2018. O Venerável Mestre Hsing Yun dá as suas bênçãos e o encorajamento o seu poema de primavera, “Uma Família de Lealdade e justiça”. A lealdade e a justiça são mais importantes na vida. Devemos permanecer leais e justos em relação às pessoas. Devemos permanecer leais nos nossos relacionamentos, responsabilidades, amizades e com os nossos líderes. Devemos mostrar sensibilidade para com os relacionamentos humanos, permanecermos justos em relação ao mundo, ter benevolência para a sociedade e sentir a nossa conexão com todo o universo. É essencial compreender, ser grato, perceber e manter como legado familiar os espíritos da lealdade e da justiça.
Agradecemos a todos os nossos devotos, amigos do Dharma e ao público em geral por sua lealdade e justiça ao apoiar a propagação do Budismo Humanista de Fo Guang Shan. Gostaria de informar a todos sobre o que realizamos no ano passado através da colaboração de monásticos e leigos.
Em primeiro lugar, boas notícias: as obras completas do Venerável Mestre Hsing Yun foram publicadas! No dia 16 de maio, o último dia do 50º aniversário de Fo Guang Shan, lançamos o Complete Works no Repositório FGS Sutra. As Obras Completas, uma encarnação dos princípios vitais do Venerável Mestre e a atualização do Budismo Humanista, é uma enciclopédia do Budismo Humanista e um guia inestimável para a vida.

A publicação é uma compilação de obras principais do Venerável Mestre, composta por 365 volumes, doze categorias, mais de 30.000.000 de caracteres e mais de 50.000 entradas. Em outubro, realizou-se uma cerimónia de doação de livros na Biblioteca Central Nacional de Taiwan, onde 100 conjuntos de Obras completas foram doados pelos benfeitores de Fo Guang Shan para universidades e bibliotecas de renome em todo o mundo, como a Universidade Nacional de Taiwan e a Universidade Jiao Tong. Além disso, o documentário Humanistic Buddhism: Initial Resolve, produzido sob a liderança do Prof. Charles H.C. Kao, CEO da Commonwealth Corporation, estreou ao lado da abertura de uma exposição sobre os escritos coletados do Mestre Venerável na Biblioteca Central Nacional.

Em maio, ao diretor de televisão Phoenix, Liu Changle, durante muitos anos, um amigo dedicado do Venerável Mestre, foi conferido um Doutorado Honorário em Ciências de Gestão pela Universidade de Nanhua, em Taiwan. Ao mesmo tempo, o vice-chanceler Joseph Sung, da Universidade Chinesa de Hong Kong, veio especialmente a Fo Guang Shan para conferir ao Venerável Mestre um Doutorado Honorário em Ciências Sociais. Em setembro, o Venerável Xuecheng, presidente da Associação Budista Chinesa, aceitou um grau de doutorado honorário em Ciências de Gestão pela Universidade de Nanhua em Fo Guang Shan. A cerimónia coincidiu com o Seminário Monástico FGS anual, e o Xuecheng mais venerado foi convidado a falar com a assembléia de monásticos. Sempre a cuidar dos seus discípulos, o Venerável Mestre falou em várias ocasiões para reunir mais de mil discípulos de todo o mundo, incentivando todos a se esforçarem para o Budismo.
Para nutrir os talentos budistas, iniciamos o Projeto de Sementes de Esperança de Fo Guang Shan no Templo Ancestral de Fo Guang Shan, Templo de Dajue em Yixing, para proporcionar aos discípulos monásticos oportunidades de se envolverem em pesquisas académicas sobre o Budismo Humanista. Além disso, a Fundação Cultural e Educacional de Fo Guang Shan implementou um projeto que promove o talento de estudantes dignos, provenientes de famílias desfavorecidas. O primeiro lote de estudantes está atualmente matriculado no Pu-Men High School, enquanto o segundo lote de jovens talentos foi recrutado.
Ao promover a pesquisa académica sobre o budismo, a Fundação Cultural e Educacional Mestre Hsing Yun (China Continental) apresentou as Bolsas de Estudo Humanista de Budismo 2016 no Templo de Dajue, em janeiro. Foram reconhecidos 22 destacados bolsistas da Universidade de Pequim, Renmin University e Minzu University.

Continuar a ler “Carta aos protetores e amigos do Dharma em 2018”

Exposição de Caligrafia num só traço – Museu do Oriente 18 de Janeiro a 18 de Fevereiro

Museu do Oriente
Inauguração 18 Janeiro | 18.30
Até 18 Fevereiro

“Digo sempre às pessoas que não podem olhar simplesmente para a minha caligrafia; através da minha escrita podem ver o meu coração.”
Venerável Mestre Hsing Yun

Exposição de Caligrafia num só traço

Exposição de 57 caligrafias do Venerável Mestre Hsing Yun, mestre budista e calígrafo, muito respeitado pelo trabalho humanitário que desenvolve em todo o mundo, pela sua caligrafia feita num só traço e pela facilidade em ensinar o Dharma (ensinamentos de Buda). É o fundador da ordem budista Fo Guang Shan, que promove a divulgação do Budismo Humanista.
O Venerável Mestre Hsing Yun nasceu em 1927, em Yangzhou, província de Jiangsu, na China. Aos 12 anos entrou para um mosteiro em Nanjing e em 1941 já se encontrava ordenado. Aos 22 anos, em 1949, durante a turbulência da guerra civil decidiu deixar a sua terra natal e foi para Taiwan, onde começou a desenvolver e a difundir o Budismo Humanista. Em 1967 fundou a ordem budista Fo Guang Shan (Buddha’s Light Mountain) e a partir daí implantou mais de 200 templos em todo o mundo, universidades, colégios budistas, entre várias outras instituições, enquanto meios de aproximar as pessoas ao budismo.
Desde que deixou a função de abade em Fo Guang Shan, em 1985, tem vindo a propagar o Dharma pelos cinco continentes e, com o propósito de reforçar o seu trabalho de divulgação do budismo, fundou a Buddha’s Light International Association, em 1991. Existem hoje mais de 200 associações em todo o mundo e mais de um milhão de membros.

O Venerável Mestre Hsing Yun defende a igualdade entre todos os seres humanos e tradições religiosas, um valor que transparece nas mensagens da sua caligrafia. Expressões como “A alegria e a harmonia”, “O respeito mútuo e a tolerância”, “A igualdade e a paz” ou “Mudar o mundo para bem da humanidade” fazem parte desta exposição.
A técnica de um só traço do Venerável Mestre Hsing Yun deriva da sua perda de visão, que tem vindo a ser gradual. Com a dificuldade em ver, desenvolveu uma forma de, após mergulhar o pincel na tinta, escrever os caracteres de uma só vez – ou um só traço.

Colaboração | Buddha´s Light International Association e Fo Guang Shan